Tratamento

Comparações entre terapias tradicionais e alternativas

A alimentação balanceada, somada à prática de exercícios físicos, nos ajudam a obter o peso adequado para as necessidades do organismo, evitando assim, muitos problemas associados ao sedentarismo como a obesidade e o colesterol alto.

Em muitos casos, apenas manter esse estilo de vida não é o bastante. É necessário buscar por terapias ou tratamentos que melhorem a saúde e bem-estar.

Quando isso acontece, existem dois caminhos a seguir: optar pelas terapias alternativas ou pelas tradicionais. A medicina ocidental como conhecemos, surgiu no século XVll.

Tem suas bases bem firmadas, no conceito de que o corpo é uma máquina e cada órgão funciona de uma maneira independente.

Esse conceito reflete nas várias especialidades diferentes, para tratar cada órgão do nosso corpo de uma maneira individual. Existem inúmeros tratamentos alternativos para dores e desvio de coluna.

Mas só a fisioterapia usa estímulos elétricos e trabalha com o fortalecimento do músculo, através de exercícios físicos com embasamento científico.

Como no caso do tratamento de RPG para cervical que, de acordo com as necessidades do paciente, os problemas precisam de uma intervenção cirúrgica.

Conheça a MTC

Já a MTC, fundamenta o corpo como um campo energético denominados Chakras. A história da Medicina Alternativa remete para há 6.000 anos.

Há indícios de materiais e equipamento oriental no ocidente, datados 2.300 anos atrás. O Conceito da Medicina Alternativa, está mencionados nas antigas escrituras da Índia, China e Egipto.

A Medicina Chinesa tem um campo de aplicação muito amplo, porque pratica-se há muitos séculos no maior país do mundo em termo demográfico.

A MTC é um sistema completo e não uma simples técnica médica de aplicações limitadas, pois o campo da Medicina Chinesa é extremamente amplo, que vai desde farmacopeia á acupuntura.

Conheça um pouco mais sobre as práticas da Medicina Chinesa

O Tui Na ou Tuiná é uma técnica não invasiva, onde o profissional identifica e trata deformidades oriundas da má postura na coluna vertebral.

É parecido com a fisioterapia para coluna, ao massagear e manipular os tecidos moles ou as articulações. A quiropraxia procura corrigir desvios nas regiões cervical, lombar e coccígeas.

Mas também distúrbios osteomusculares, ocasionados pelo movimento repetitivo, podem ser agregados técnicas evasivas ao Tui Na, como a moxaterapia, acupuntura, ventosaterapia.

Para pessoas que possuem deformação na coluna lombar, hérnias nos discos da coluna ou até mesmo ror de cabeça, a MTC pode ser uma alternativa para manter, tratar e prevenir desvios de postura e os seus sintomas.

Como o tratamento de escoliose com quiropraxia, por exemplo, onde o profissional irá manipular, massagear e pressionar essa região, a fim reestruturar a coluna lombar.

Moxaterapia ou moxabustão, é uma técnica que se originou na região setentrional da China. No sentido da palavra moxabustão, que significa “extenso período com a aplicação de fogo”.

É um processo que utiliza os mesmos pontos meridionais do corpo usado na acupuntura. Mas, ao invés de agulhas, são utilizadas ervas em brasa, uma espécie de “acupuntura de fogo”.

Nesta técnica, aplica-se as ervas Artemísia Sinensis e Artemisia Vulgaris em brasa (conhecidas no brasil como flor-de-são-joão, artemigem e losna brava) conhecidas por possuírem grandes poderes fitoterápicos.

Ventosaterapia é uma técnica que expõe o paciente ao vácuo por objetos, como bambu e refratários de vidro, onde é submetido o objeto a uma alta temperatura.

Normalmente, utiliza-se maçarico para esse processo, a fim de ampliar ar e fazer com que o objeto tenha um grande poder de sucção.

Os pontos positivos da Medicina Ocidental e da Medicina Chinesa

A medicina tradicional é baseada em evidências científicas e utiliza antibióticos, anti-inflamatórios, analgésicos, antipiréticos, entre outros. Diferente das técnicas alternativas, que se baseia na energia e conexões divinas.

Ela engloba os métodos e práticas utilizadas em adição ou em vez do tratamento médico convencional.

Tanto a Medicina Convencional, quanto a Medicina Alternativa, tem o como objetivo apresentar resultados eficientes nos seus pacientes.

E ambas têm como objetivo tratar e prevenir diversas doenças, além de contribuir como bem-estar e a qualidade de vida das pessoas.

Medicina Tradicional Chinesa

Vantagens:

  • Não possui efeitos secundários;
  • Os medicamentos utilizados não possuem componentes químicos;
  • Ajuda a minimizar os efeitos colaterais causados pela Medicina Convencional;
  • Alguns métodos de cura não são invasivos;
  • Muitos métodos possuem custo baixo;
  • Muitos métodos são conhecidos pela Organização Mundial da Saúde.

Desvantagens:

  • Tem dependência da Medicina Tradicional;

Medicina tradicional

  • Vantagem: Os seus conhecimentos são cientificamente provados.
  • Desvantagem: Certos medicamentos têm efeitos secundários e podem ser nocivos.

Segundo o portal do Ministério da Saúde: “Em 2017, foram realizados mais de 1,4 milhão de atendimentos aos usuários, como acupuntura, auriculoterapia e yoga”

O Ministério da Saúde já usa técnicas no SUS de cromoterapia. A partir de agora, são 29 procedimentos oferecidos.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *