Curiosidades Exercícios

Saiba mais sobre os exercícios físicos para você fazer em casa

Os motivos que pode levar uma pessoa a praticar exercicios físicos pode variar. Enquanto alguns buscam a academia para ganhar massa muscular, outros querem queimar gordura em locais específicos.

Existem, ainda, muitas outras razões para que alguém decida que é hora de começar a praticar atividades esportivas, de musculação, ginástica, etc.

Seja qual for o objetivo, o mais importante é sempre manter o foco e optar por práticas que aliem saúde e desenvolvimento. Algumas podem até ser feitas do conforto da sua própria casa, sem a necessidade de recorrer a parques ou à academia.

No artigo a seguir, conheça a modalidade aerobica, composta por um treino especial e que fornece benefícios variados para seu corpo.

Além disso, fique por dentro de algumas práticas da modalidade e saiba como cada uma delas pode contribuir para diferentes finalidades.

O que é aeróbica?

A grande razão pela qual as pessoas escolhem práticas aeróbicas é que elas podem ser feitas dentro de casa, em frente da TV, nas escadas, entre outras possibilidades. Ela são mais indicadas para aqueles que almejam aumentar a resistência física ao mesmo tempo em que queima calorias de forma significativa.

Isso porque o exercício aeróbico estimula o funcionamento adequado do pulmão e do coração, órgãos diretamente relacionados com o esforço físico e a resistência.

Isso sem falar no intenso trabalho de tonificação muscular, também responsabilidade desse tipo de prática, que pode ser um ótimo recurso na perda de peso localizada, ou seja, em determinadas partes do corpo.

A recomendação geral dos profissionais da área de educação física são de 30 a 60 minutos por sessão e em média três sessões semanais. Alguns dos principais exercícios aeróbicos são:

  • Pular corda;
  • Correr;
  • Subir e descer escadas;
  • Dançar;
  • Pedalar.

Sobe e desce

Dentre os exercícios citados na lista anterior, subir e descer escadas se assemelha muito ao que é realizado no agachamento, que é uma prática voltada para a musculatura das coxas, das costas e da barriga.

Dessa forma, ele é considerado um exercício extremamente completo, que trabalha diferentes regiões do corpo em um só movimento.

O ideal, segundo especialistas, é praticar 3 vezes por semana por cerca de 20 minutos cada, o que pode variar muito de pessoa para pessoa.

Além disso, a grande vantagem dessa prática é que o fato de você ter que se agachar e levantar repetidamente por um longo período de tempo tonifica os glúteos e deixa o bumbum mais firme.

Isso tudo sem falar na perda localizada em regiões próximas ao abdômen e na própria barriga. Nós já adoramos esse exercício, não é mesmo?

Gordura abdominal

Com certeza, a gordura abdominal é um dos maiores vilões de todos os tempos quando o assunto é vida fitness, corpo torneado e estética.

Por isso, os exercicios para barriga têm como principal objetivo eliminar a gordura localizada nessa região, um processo que pode levar muito tempo e exige disciplina.

Os resultados, no entanto, podem ser extremamente satisfatórios com o passar dos meses. Logo no começo, uma mudança já pode ser percebida com a execução correta e instruída de abdominais variados.

Avaliando as condições para a prática

Quem já se inscreveu ao menos uma vez em uma academia sabe que a avaliação física faz parte do processo de começar uma vida mais saudável, correto? Isso porque é por meio dela que o profissional da área consegue ter uma noção das demandas do seu corpo, das suas características principais e, claro, das condições que você apresenta com relação a resistência.

Existem três pilares que fazem parte da avaliação, sendo eles: avaliar, analisar e prescrever. No primeiro, o educador físico vai observar os dados que ele obtém ao realizar a avaliação, tais como peso, altura, nível de gordura corporal, etc.

Já no segundo procedimento, é preciso unir essas informações com base em seus conhecimentos para determinar em quais condições físicas a pessoa se encontra.

Por fim, a prescrição é muito importante para que o aluno ou atleta saiba exatamente o que é mais recomendado para ele conforme seu objetivo principal e as metas secundárias.

No caso de quem quer ganhar massa muscular, por exemplo, será indicado uma musculação mais intensa. Quem quer perder peso, por outro lado, precisa focar em atividades aeróbicas.

O mais importante é estar sempre acompanhado da opinião de um profissional da área de educação física, nutrição ou nutrologia, pois isso vai garantir mais rendimento e aproveitamento das atividades, sem falar que evita uma série de lesões e fraturas que podem decorrentes de práticas mal instruídas ou inapropriadas.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *