cozinha
Alimentação Bem estar Saúde

Mini-horta na cozinha: decoração e praticidade

Quem ama cozinhar, bem como estar na cozinha, sabe muito bem como é bom utilizar alimentos saudáveis e frescos, especialmente quando se trata de ervas e temperos, visto que eles deixam a comida ainda mais saborosa, e a cozinha mais rica de opções.

Pensando no que foi dito, uma das formas de conseguir esses alimentos nessa condição é ter uma cozinha prática, plantando uma mini-horta nesse cômodo, que é o coração da casa. 

Assim, além de garantir a qualidade dos ingredientes, você ainda deixa a decoração do ambiente mais harmoniosa, graças à beleza e ao aroma das plantas. Entre as opções de temperos naturais e hortaliças, podemos destacar:

  • Alecrim;
  • Manjericão;
  • Cebolinha;
  • Salsinha;
  • Entre outros.

Quer saber mais? Neste artigo, você vai entender como montar e porquê ter uma mini-horta na sua cozinha. Boa leitura!

Onde montar a mini-horta?

Quem tem cozinhas mais amplas pode deixar a criatividade fluir e montar hortas maiores em painéis e bancadas, por exemplo. 

Entretanto, se você mora em uma casa com pouco espaço ou em um apartamento pequeno, pode dispor de um cantinho para o cultivo da sua mini-horta. Veja algumas alternativas a seguir:

Vasos

Os vasos são bem práticos, tanto para quem mora em casa quanto em apartamento. Uma das maiores vantagens é que eles ocupam pouco espaço, podem ser colocados em diferentes lugares e ainda funcionam como ótimos itens decorativos.

Embalagens recicladas

Você pode cultivar sua mini-horta em latas de refrigerantes, potes de vidro, caixas de leite e garrafas pet, por exemplo. Além de ser uma opção sustentável, é bem fácil de fazer.

Potes e canecas

Potes e canecas de plástico ou vidro também podem ser usados para o plantio das suas hortaliças. Dessa forma, você aproveita itens que você já tem em casa. No entanto, como esses recipientes não possuem furos, é necessário atenção com o acúmulo de água.

Horta vertical

Queridinha do momento, esse tipo de horta causa um efeito fantástico na decoração e ainda otimiza o espaço do ambiente. A horta vertical é montada aproveitando espaços próximos às paredes e pode ser cultivada em diferentes recipientes, como:

  • Sapateiras;
  • Estruturas de madeira;
  • Embalagens recicladas.

Inclusive, essa última acaba sendo uma das melhores soluções para quem possui cozinhas pequenas ou mora em apartamentos.

Por que ter uma mini-horta na cozinha?

São muitos os benefícios proporcionados pela horta orgânica. Entre eles, podemos destacar:

  • Garantia que os alimentos utilizados não terão agrotóxicos;
  • Alimentos mais saborosos;
  • Economia com gastos na feira e no supermercado;
  • Melhoria na qualidade da alimentação;
  • Desperdício menor dos alimentos;
  • Melhor relacionamento com a natureza.

Além disso, também existe o benefício terapêutico. Quando temos a oportunidade de acompanhar o crescimento lento de cada plantinha, desenvolvemos a paciência, para esperar o momento da colheita.

Passo a passo para montar uma mini-horta na sua cozinha

Existem quatro passos que devem ser seguidos para você montar uma mini-horta na sua cozinha. São eles:

1- Analise o local

Escolha um lugar da cozinha que tenha uma boa iluminação e seja bem arejado. Prefira o espaço que receba pelo menos algumas horas de sol durante o dia.

2- Escolha os temperos e as hortaliças

Após encontrar o melhor lugar para a sua hortinha, escolha quais temperos e hortaliças deseja cultivar. Aqui, você pode escolher o que plantar de acordo com o que você e sua família gostam de consumir.

3- Escolha o recipiente adequado

Esta etapa é muito importante, uma vez que é necessário ter atenção a alguns detalhes antes de escolher o melhor recipiente para cultivar a sua mini-horta. O recipiente adequado depende do tamanho do porte das plantinhas. 

Elas são organismos vivos, por esse motivo, o espaço que elas têm para crescer é muito importante. Quando o espaço para suas raízes se desenvolverem for pequeno, isso impactará diretamente no seu crescimento e consequentemente na sua produtividade.

4- Use terra de boa qualidade

A preparação do solo é fundamental para que sua hortinha seja um sucesso. Usando uma terra de boa qualidade, você garante que suas plantinhas terão os nutrientes que precisam para crescer de maneira saudável.

Se não utilizar vasos autoirrigáveis, você deve irrigar as suas plantinhas pelo menos quatro vezes por semana.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *