Equipamentos Laboratórios Manutenção

Laboratórios: uso de equipamentos e materiais

Os laboratórios, sejam químicos ou biológicos, usam uma diversificada quantidade de materiais e vidrarias nos seus processos. Tais itens devem ser específicos para processar elementos diferentes, estudar e registrar dados, além de realizar diagnósticos.

Cada equipamento de laboratório, que pode ser desde um termômetro para laboratório até os agitadores e balanças, têm sua função e importância dentro desse setor. Por esse motivo, este texto irá tratar de alguns desses equipamentos, bem como suas principais funções.

Conhecendo mais os equipamentos de laboratório

Os laboratórios, principalmente os químicos e o de análises clínicas, precisam realizar todo o processo seguindo regras e procedimentos protocolados pelos órgãos de saúde de modo a garantir segurança e qualidade.

Para isso, é importante o uso de muitos equipamentos de laboratório, assim como utilizar itens de segurança nesses ambientes.

Quem é dono de laboratório sabe que investir nos equipamentos adequados e na calibração de equipamentos laboratoriais é de suma importância para que os resultados e os produtos em análises não sejam atingidos.

Por conta disso, falaremos sobre alguns dos equipamentos utilizados em muitos laboratórios, tanto químicos como de análises biológicas.

Equipamentos de laboratório e suas funções

Os equipamentos de laboratório são diversos e figuram entre os mais comuns:

  • Placa aquecedora;
  • Pipetas;
  • Microscópios;
  • Aquecedores.

Agora conheceremos alguns desses equipamentos e suas funções:

1. Agitadores/Aquecedor magnético

É um equipamento muito utilizado nos laboratórios e serve para que as soluções sejam aquecidas e agitadas. Há o tipo de agitador com hélices, que deve ser usado de forma mais eficiente para solubilização de conteúdos mais viscosos.

Já os do tipo vórtex são usados para tubos. Além disso, há a opção de mesas agitadoras para processar volumes maiores.

Alguns desses agitadores tem uma placa de aquecimento, que possibilita o aquecimento e a mistura das substâncias em situações específicas. Assim como outros equipamentos, é importante o acompanhamento do funcionamento e realizar a calibração de equipamentos de laboratorio sempre que necessário para garantir a qualidade dos processos.

2. Microscópios

São muito importantes dentro dos laboratórios pois sua função é auxiliar na visualização de pequenas estruturas, como análise de bactérias e estrutura dos materiais. Os microscópios possuem muitos modelos e versões, sendo que os mais usados são os chamados microscópios ópticos.

Esses microscópio possuem lentes que permitem que ocorra o aumento do tamanho dos componentes, utilizando um feixe de luz.

Já os microscópios eletrônicos, usados na área científica por permitir uma visão ainda mais detalhada, funciona por meio de um feixe de elétrons.

É muito importante que os microscópios sempre vão ao laboratorio de calibração de instrumentos para que suas lentes e feixes de luz ou elétrons funcionem corretamente.

3. Autoclaves

As autoclaves são muito usadas para que os materiais, sejam eles de metal ou de vidro, possam ser esterilizados.

As autoclaves funcionam com vapor sob pressão. Contudo, há também alguns modelos de autoclaves que utilizam substâncias químicas para que o processo seja mais eficiente.

4. Balanças

São os equipamentos que permitem que os laboratórios consigam determinar volumes diferenciados e de forma precisa. Dentro do laboratório é mais comum encontrar os modelos de balanças analíticas ou semi-analíticas, sendo que a primeira consegue fornecer informações mais precisas.

5. Pipetas

As pipetas são usadas em larga escala para que seja feito o transporte de líquidos entre vidrarias e outros recipientes, havendo diversos tipos e finalidades.

Os laboratórios de diagnósticos e de análises clínicas utilizam mais as pipetas graduadas, isto é, pipetas que possuem uma régua de medição em seu corpo, movendo quantidades específicas de líquidos.

Além das pipetas manuais, existem as automáticas. Essa última é muito usada para “pipetar” líquidos de volumes pequenos com grande exatidão, em que a quantidade de líquido transportado é definido pelo manipulador.

6. Filtro membrana para seringa

O filtro para seringa de membrana é usada em diferentes laboratórios para esterilizar pequenos volumes de soluções. Esses filtros ajudam na retenção de microrganismos por meio da interação desses elementos com a superfície do filtro que, geralmente, é feito com polipropileno, autoclavável e estéril.

7. Termômetros

Os termômetros clínicos, ou termômetro de laboratório, são equipamentos usados para medir a temperatura de líquidos, substâncias e de ambientes. Existem diversos modelos que podem ser usados tanto nas áreas clínicas como nas áreas laboratoriais.

Entre os principais modelos está o digital, que possui sensores de temperatura e a medição aparece em um display digital. Seus dados são bem precisos.

Já os analógicos são aqueles que são usado por meio da dilatação de líquidos, que se expande quando aquece. Era mais comum o termômetro de mercúrio. Entretanto, por conta do fato de o mercúrio ser tóxico, esse termômetro foi deixando de ser usado.

Os de infravermelho são equipamentos precisos por utilizar um feixe infravermelho. Os resultados são marcados em um display.

Assim, vimos que nos laboratórios são utilizadas muitas ferramentas e equipamentos com muitas funções. Dessa forma, o uso de cada um deles permite o trabalho laboratorial com eficiência e segurança.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *