Terceira Idade

Fique pode dentro de cuidados para idosos

Os idosos, assim como as crianças, possuem a imunidade mais baixa e precisam de mais cuidados do que o resto da população.

Dessa maneira, optar por um asilo para que eles fiquem hospedados nessa fase da vida pode ser muito positivo.

Um lugar que oferece comida saudável, atividades de estímulo cerebral, que promovem a interação social e, sobretudo, que conta com profissionais prontos a ajudar constantemente.

A tranquilidade trazida por saber que existem enfermeiros e médicos disponíveis para a pessoa que você ama é impagável.

Sobretudo quando essas pessoas apresentam alguma doença debilitante. Nesse caso, existe o Asilo para idosos acamados, especializado nesse tipo de caso.

Por muitas vezes, recorrer a esses locais não é uma opção, mas uma necessidade.

Afinal, muitas pessoas trabalham e possuem filhos para cuidar, não dispondo do tempo exigido. Assim, acabaria sendo irresponsável não procurar por ajuda externa.

Cuide da saúde física e mental

O melhor a se fazer é levar o idoso consigo para visitar o local, para que ele decida se gosta ou não da casa de repouso, e se gostaria de morar ali.

Da mesma forma, não é recomendado que se passe longos períodos sem visitá-lo. O foco é garantir que ele esteja confortável e seguro.

Existe uma série de fatores que não são fundamentais, mas que são diferenciais importantes em asilos:

  • Atividades de dança ou música;
  • Aulas de natação;
  • Eventos comemorativos;
  • Contato com a natureza;
  • Presença de animais de estimação;
  • Atividades culturais e artísticas.

Esses elementos garantem que o seu ente continuará se desenvolvendo e contribuem para a saúde física e mental.

É importante sempre se lembrar de que a diversão é tão importante na terceira idade quanto em toda a vida. O mesmo vale para a vaidade.

Você sabia que os procedimentos estéticos são extremamente comuns em idosos? Como a gordura localizada é um problema comum e que gera desconforto, é normal que procurem pela Criolipólise para afinar a cintura.

Esse é um método de eliminação de gordura não invasivo, que funciona em sessões de cerca de uma hora. Basicamente, as células de gordura são congeladas e rompidas, o que faz o corpo as expelir naturalmente.

Embora apenas uma sessão não seja suficiente para notar a diferença, as fotos de criolipólise antes e depois deixam evidente que esse tratamento apresenta resultados satisfatórios.

A principal vantagem para o público da terceira idade é que eles, optando por esse método, não precisam passar pela invasiva cirurgia de lipoaspiração.

É uma forma prática e segura de aumentar a auto-estima e, assim, aumentar também a qualidade de vida.

Esteja sempre atento

Assim, eles terão mais animação para se arrumar para os eventos do asilo e para as reuniões familiares, chamando a atenção por sua beleza e vivacidade.

É importante, para garantir de que estão felizes e de bem consigo mesmos, que haja um acompanhamento psicológico.

A depressão na terceira idade é muito mais comum do que se imagina, sendo a fase da vida mais perigosa para o suicídio, apresentando a maior taxa. Assim, deve-se observar os sinais de tristeza e desânimo.

Outro aspecto que deve ser observado é se o idoso apresenta dores torácicas ao se exercitar, quando está muito frio ou quando ele está sentindo fortes emoções.

No meio médico, quando são persistentes, essas dores são chamadas de angina e podem indicar problemas cardíacos.

As situações citadas, nas quais essa dor se faz presente, são situações de grande esforço para o coração. Assim, entende-se o porquê de ser um indicador negativo.

Vale pontuar que, muitas vezes, a angina se manifesta como sensação de peso ou de aperto e não necessariamente dor.

Assim que esse problema for detectado, devem ser feitos exames e levar a pessoa até uma Clínica de cardiologia para tratar angina.

Na maior parte das vezes, o problema é causado pela aterosclerose, nome dado para o acúmulo de placas de gordura nas artérias, o que pode exigir cirurgia.

Por fim, conclui-se que o objetivo de todos deve-se garantir mais qualidade de vida aos idosos, sempre observando seu comportamento e possíveis sintomas.

Não se deve confiar apenas nos profissionais do asilo, mesmo que eles sejam muito competentes, o melhor é, se possível.

Conversar com seu familiar ou amigo sempre e se manter informado sobre suas vidas. Afinal, essa fase de descanso deve ser aproveitada da melhor forma!