Exercícios

Benefícios das atividades físicas para crianças

Treinamento funcional para crianças, seja em equipe ou individual, é uma ótima atividade, pois oferece diversos benefícios além do exercício físico em si. A participação no esporte pode ajudar a:

  • Melhorar a autoestima;
  • Criar autoconfiança;
  • Motivar as crianças a se destacarem academicamente;
  • Ajudar a desenvolver habilidades sociais.

Mantém a forma e estabelece metas

A participação também pode ensinar às crianças os benefícios do estabelecimento de metas e da prática regular.

O exercício físico é o benefício mais evidente da participação esportiva. As crianças costumam passar muito tempo assistindo televisão ou jogando videogame, portanto, uma prática esportiva é uma boa maneira de por fim à uma vida sedentária.

A participação no esporte pode ajudar as crianças a desenvolver habilidades sociais que as beneficiarão durante toda a vida. Elas aprendem a interagir, não apenas com outras crianças da idade delas, mas também com indivíduos mais velhos em seus treinos.

As crianças aprendem habilidades de liderança, competências de formação de equipes e de comunicação, que as ajudarão na escola, em sua futura carreira e em seus relacionamentos interpessoais.

A participação no esporte pode ter um grande impacto positivo na autoestima e confiança de uma criança, assim como na sua qualidade de vida. As crianças que praticam esportes recebem elogios e incentivos de treinadores e de pais, o que ajuda a criar autoconfiança.

Elas também aprendem a confiar em suas próprias habilidades e se esforçam. As críticas construtivas também são uma parte importante da participação no esporte, e os jovens atletas aprendem a aceitar essas críticas e usá-las em seu benefício, aprendendo a lidar com frustrações.

É importante que os pais se envolvam ativamente para garantir que as crianças tirem o máximo proveito da participação esportiva.

Não é surpresa que as crianças que participam do atletismo também se destaquem no meio acadêmico.

Elas podem aplicar os mesmos princípios de dedicação e trabalho duro aprendidos por meio da participação esportiva em seus estudos.

Saúde ao longo da vida

A participação esportiva promove a saúde e o bem-estar, não apenas durante a infância, mas durante a vida inteira.

Esportes “vitalícios”, como natação (promovido em escola de natação infantil) e tênis, são especialmente benéficos porque a criança pode continuar praticando quando adulto, beneficiando-se da atividade física.

Caso se destaque no esporte, as crianças podem virar competidores profissionais, atletas federados e alcançar metas altas ao longo da sua vida esportiva.

As crianças que praticam esportes também podem estar mais conscientes das escolhas alimentares saudáveis. E quando adultadas, podem optar pela utilização de shake pré treino.

Embora a participação esportiva seja uma excelente via para promover a saúde e o bem-estar, pais e treinadores devem incentivar uma vida saudável e também ser modelos positivos para as crianças.

Treinamento de força para crianças

O treinamento de força oferece muitos benefícios às crianças, mas há importantes ressalvas a serem lembradas.

O primeiro aspecto é não confundir treinamento de força com levantamento de peso em estação de musculação. Essas atividades são amplamente motivadas pela competição, com os participantes tentando levantar mais peso ​​ou construir músculos maiores do que os de outros atletas.

Isso pode sobrecarregar músculos jovens, tendões e áreas da cartilagem que ainda não se transformaram em ossos (placas de crescimento) — especialmente quando a técnica adequada é sacrificada em favor do levantamento de grandes quantidades de peso.

Para as crianças, os movimentos controlados são os melhores — com ênfase especial na técnica e segurança adequadas.

Seu filho pode fazer muitos exercícios de treinamento de força com seu próprio peso corporal ou tubos de resistência de baixo custo. Pesos livres e pesos da máquina são outras opções.

Feito corretamente, o treinamento de força pode:

  • Aumentar a força muscular e a resistência do seu filho;
  • Ajudar a proteger os músculos e as articulações;
  • Ajudar a melhorar o desempenho do seu filho em esportes;
  • Desenvolver técnicas apropriadas.

Lembre-se de que o treinamento de força não é apenas para atletas. Mesmo que seu filho não esteja interessado em esportes, o treinamento de força pode fortalecer os ossos e ajudar a manter um peso saudável.

Durante a infância, as crianças melhoram a consciência, o controle e o equilíbrio do corpo por meio de brincadeiras ativas.

Já aos 7 ou 8 anos, no entanto, o treinamento de força pode se tornar uma parte valiosa de um plano geral de condicionamento físico — desde que a criança esteja madura o suficiente para seguir as instruções e praticar a técnica e a forma adequadas.

Enfim, se o seu filho manifestar interesse no treinamento de força, lembre-o de que essa modalidade visa a aumentar a força e a resistência muscular.

Aumentar o volume é algo totalmente diferente — e mais seguro após a adolescência, quando seu filho atinge a maturidade física e esquelética. Pense nisso!

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *