Terceira Idade

A qualidade de vida com a casa de repouso para a terceira idade

Com os avanços da tecnologia e da medicina, a expectativa de vida no Brasil tem crescido, pouco a pouco, ao longo dos anos.


Dessa forma, cresce também os índices de doenças acometidas nessa faixa etária, que compreende a população com ou mais de 60 anos de idade (segundo o Estatuto do Idoso).

Além das políticas públicas a serem pensadas para uma sociedade mais experiente, há as decisões tomadas dentro do âmbito familiar para definir qual a melhor opção para os idosos, seja no tratamento de uma saúde ou com o intuito de lazer.

Isso é fundamental para que as vidas sejam conciliadas e, assim, os idosos tenham Qualidade na terceira idade.

O asilo, antigamente, era sinônimo de abandono. A associação era feita por ser um local que, além de brigar idosos, também acolhia dependentes químicos e órfãos.

Nos dias atuais, ainda há, sim, alguns locais sucateados e que não contam com nenhum tipo de verba para se manter.

Entretanto, há bons locais que valem a pena ser visitados e identificar se este cobre a necessidade que a família busca.

A internação deve ser um consenso entre familiares

Até porque, hoje em dia, a maioria desses locais são para Asilo para idosos particular.

Contam com profissionais da área da saúde específicos e habilitados para lidar com essa faixa etária, além de auxiliar em suas rotinas de alimentação, cuidados higiênicos, assistir televisão e na prática das atividades.

Além disso, são espaços de convivência entre pessoas com a mesma idade, talvez mesmas limitações, e que podem interagir – e não ficarem sozinhos em casa.

Harmonizar uma rotina de visita dos familiares, todos os dias, é fundamental para que eles se mantenham e para que a condição do idoso não piore.

Mesmo que haja os melhores cuidados, atendimento e interação no Asilo de velhos, não há substituição da presença da família, ainda que, por conta de algumas doenças, eles não os reconheçam todo o tempo.

Sob a mesma perspectiva de cuidados, há as conhecidas Casa de repouso.

A diferença é que elas são mantidas através de pagamentos mensais e fixos da estadia de cada idoso.

Em geral, são procuradas por familiares que não sabem como tratar e lidar com os sintomas que atingem aos idosos e que necessitam de cuidado às 24 horas do dia.

Dessa forma, a Casa de repouso para idosos é uma alternativa para que o idoso possa ter o atendimento que necessita e não ficar sob os riscos de acidentes.

As casas de repousos apresentam vantagens como:

  • Ser acessível a qualquer cuidado médico que o idoso necessitar;
  • Garantir qualidade de vida à todos os membros da família;
  • Assegurar os cuidados com os idosos e tranquilizar familiares;
  • O ambiente de convivência afasta o isolamento doméstico.

Opção de viagem que concilia lazer e cuidados

Atualmente, o mercado turístico tem investido em Hotel para idosos – população que, em alguns anos, será ainda maior.

Essa opção visa gerar incentivo às viagens na terceira idade, adequando os estabelecimentos de acordo com as necessidades.

Por exemplo, apresentar a estrutura acessível (com corrimões, elevadores e apoiadores, este caso seja necessário) e local devidamente equipamento com aparatos e profissionais da área de saúde.

Se o idoso pretende viajar, mas possui alguma limitação física ou algum problema de saúde, há a opção do Hotel geriatrico.

Esse estabelecimento une os conceitos de hotel destinado aos idosos junto aos cuidados de uma casa de repouso e, assim, possibilitar o lazer, recreação e atividades físicas num ambiente equipado com uma área de saúde e hospitalar com uma equipe médica.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *