Bem estar Cuidados Tratamento

A estética e saúde do seu corpo andando juntas

O Brasil tem um dos maiores mercados de estética do mundo. Dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, apontam que o país ocupa a terceira posição no quesito movimentação monetária por compras de produtos e serviços relacionados à beleza, perdendo apenas para a China e para os Estados Unidos.

Por conta disso, cada vez mais pessoas investem na abertura de clínicas de estética, já que, para elas, esse é um mercado sólido.

Apesar de os procedimentos realizados por tais estabelecimentos realmente serem de grande ajuda para melhorar a aparência e a autoestima de quem se submete a eles, é preciso ter em mente que, em muitos casos, beleza e saúde andam de mãos dadas.

Assim, visitar o médico regularmente pode ser tão eficiente quanto se submeter a procedimentos como a plástica biofotônica com laser elite.

Quer saber mais sobre isso? Então continue lendo e confira algumas dicas para melhorar tanto sua saúde quanto sua beleza em uma só vez:

  1. Faça um check up de coluna regularmente

Dados do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) apontam que os problemas nas costas estão entre as principais causas de afastamentos do trabalho em todo o Brasil.

Afinal, qualquer tipo de lesão, seja ela na coluna lombar, cervical ou dorsal, pode causar dores fortes, que, por sua vez, podem ser incapacitantes.

Da mesma maneira, há distúrbios posturais que podem causar uma série de problemas estéticos. É o caso, por exemplo, da cifose: em casos extremos, ela pode levar à corcundez, ou seja, a uma inclinação acentuada das costas para a frente.

Deste modo, além dos problemas físicos, essa doença pode prejudicar seriamente a autoestima de quem a sofre.

Para evitar que isso aconteça, recomenda-se fortemente que todas as pessoas, especialmente as que têm histórico familiar de problemas ortopédicos, visitem um médico regularmente.

O objetivo é fazer um check-up da coluna vertebral, identificando sinais de algum mal que possa acometê-la e, assim, começar o tratamento de maneira precoce.

Dependendo do caso, o médico pode complementar o exame clínico com outros procedimentos, como a tomografia da coluna lombar, de modo a fazer uma análise mais aprofundada do caso.

  1. Mantenha-se no peso ideal

De acordo com o Ministério da Saúde, o número de pessoas obesas aumentou 60% entre 2006 e 2016. Em outras palavras, isso significa que a parcela da população que está severamente acima do peso ideal saltou de 11,8% para 18,9%.

Por mais que, em boa parte dos casos, quem ganha alguns quilos se preocupe mais com a estética, é preciso ter em mente que o peso em excesso aumenta as chances de se desenvolver uma série de problemas de saúde. Entre eles, estão:

  • Sobrecarga das articulações;

  • Alterações no perfil lipídico do sangue;

  • Diabetes;

  • Pressão alta.

Assim, uma ótima maneira de manter a autoestima em alta e a saúde em ordem é manter o peso em um nível ideal. Caso a balance aponte mais quilos do que deveria, é interessante se inscrever em iniciativas como o programa afine se, de modo que o emagrecimento aconteça de uma forma sustentável e saudável.

  1. Faça apenas procedimentos estéticos de confiança

Em busca do corpo dos sonhos, muitas pessoas se submetem a situações perigosas. Por exemplo, ocasionalmente, aparecem notícias na imprensa a respeito de procedimentos estéticos que deram errado, seja porque os equipamentos usados não eram adequados ou porque o profissional responsável não era qualificado para a tarefa.

Felizmente, isso é evitável: basta escolher com cuidado o estabelecimento onde o procedimento será feito. Nesse momento, é interessante tomar medidas como visitar o local, perguntar a respeito da qualificação dos profissionais que atuam no local e saber se os aparelhos de estetica usados são de última geração. Deste modo, evita-se que o barato saia caro.

  1. Visite o dentista regularmente

Por mais que uma fatia considerável da população já tenha uma cultura de visitar o médico regularmente, isso, infelizmente, ainda não foi incorporado quando se trata da saúde bucal.

Ainda assim, é interessante fazer um visita ao dentista pelo menos uma vez por ano: assim, o profissional será capaz de diagnosticar doenças nos dentes e nas gengivas ainda em seus primeiros estágios, evitando que elas se agravem.

Vale ressaltar que, além da questão da saúde, visitar um dentista regularmente também é bom para a estética: certas doenças, como a periodontite, podem causar perda dentária.

Para evitar que isso aconteça, é interessante se submeter tanto a consultas quanto aos procedimentos requisitados pelo profissional, como a ressonancia magnetica.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *